quinta-feira, 23 de abril de 2009

São Jorge, dai a mami coragem para não fazer nada!


Hoje é Dia de São Jorge. Para os católicos, São Jorge é a força de Deus na luta dos excluídos e marginalizados da sociedade, e por praticantes do candomblé, que o invocam como protetor, defensor das almas contra o demônio, tentações e suspeitas de feitiço.

Para quem está no Rio de Janeiro, é feriado. Mais um esta semana. Tem gente que conseguiu - não sei como - emendar a semana inteira. São mais dias de folga que no Carnaval! Umas miniférias, eu diria. Com tantos feriados assim, os humanos ficam até meio desnorteados. O prefeito da cidade, Eduardo Paes, por exemplo, se atrasou para a missa das 7h de hoje e levou até bronca do padre. Isto sem falar na economia. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Câmara de Dirigentes Lojistas do Rio, cada dia que o comércio para no estado significa uma perda de R$ 300 milhões. Tudo bem que um ou outro feriado faz com que o número de turistas aumente, gerando renda e tal, mas muitos assim, só nós, felinos que gostamos. Ou por termos mamis que trabalham fora - e então elas podem ficar em casa conosco -, ou por já sermos acostumados com o tempo livre.

Mami, por sua vez, está meio assim, sem saber muito bem o que fazer. Já caminhou, leu jornal, fez comida, brincou comigo, enviou o imposto de renda - e até trabalhou (no outro emprego home office dela, pois nacionalmente não é feriado). Mas ainda assim estou percebendo que ela está com aquela sensação de que deveria estar na praia descansando e aproveitando o dia off ou então fazendo algo (mais do que ela já fez) útil em casa. Ela ainda tem muito o que aprender comigo, pois não sabe ficar sem fazer nada - sem culpa.

Por isso, peço hoje a São Jorge Guerreiro que lhe dê coragem para ficar de pernas para o ar, tirar um cochilo, zapear na TV, navegar na internet, ler ou simplesmente olhar o tempo passar. Ela tenta me explicar e diz que o que eu penso ser trabalho, para ela é também prazer. Por exemplo, quando eu reclamo que ela chega em casa do trabalho e já vai se ocupar do home office dela, ela me diz que está gostando do que faz. Vai entender? Diz ela que é o tal do ócio criativo. Eu já digo que não gosto nada disso... Domenico de Masi que me perdoe, mas ócio é ócio, se é criativo, deixou de ser ócio, não acham? Bom, para um feriado, eu até já escrevi demais. Como sou a favor do ócio contemplativo, do ócio pelo ócio, já fiquei na janela "vendo a banda passar" e agora chegou a hora do meu cochilo da tarde.

9 comentários:

  1. que inveja da sua mamis. tô doida por um feriadinho para dar atenção para a população felina de casa ;)

    ResponderExcluir
  2. Aproveite bem o feriado por ai!! Bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Cheguei tarde, mas espero que você e sua mamis tenham tido um ótimo feriado!

    Só para constar: São Jorge é padroeiro do Corinthians =]

    ResponderExcluir
  4. Eu vim aqui te chamar para dar uma passada lá no meu blog e ler o post de hoje que é uma luta contra a matança de nossos gatinhos.

    ResponderExcluir
  5. Teo, eu gosto do meu trabalho, mas amo um feriadinho para ficar em casa curtindo meus filhotes, minha leitura, filmes... Infelizmente por aqui o feriado foi só no dia 21
    Tem um selinho para ti lá no blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Teodoro
    Sua mamis ganhou o concurso do blog Criative-se! Parabéns!
    Bjs,
    Stela

    ResponderExcluir

Curtiu?