quarta-feira, 22 de abril de 2009

Que horror!


Não sei porque nós, felinos, inspiramos tantas crenças mundo afora... E cada uma mais estranha que as outras! Vejam só esta, no Page Not Found, blog do O Globo: um gato foi encontrado com sua forma praticamente intacta, assim como as garras e os dentes, depois de 400 anos - com um detalhe: mumificado dentro de uma parede de uma casa em Devon (Inglaterra).

E como o felino foi parar dentro da parede? Séculos atrás, acreditava-se que colocar um gato no interior da parede espantava as bruxas e os maus espíritos. Ao que tudo indica, um gato vivo. Historiadores afirmam que o costume macabro se espalhou pela Europa. O gato servia para afastar também o olho-gordo, o azar, pessoas más e consideradas da "gentalha" e tudo o que representasse uma ameaça para a casa. Fala sério! Gentalha e pessoas más são aquelas que colocam gato vivo dentro de paredes!

7 comentários:

  1. Nossa, isso é chocante! Coitados dos gatinhos enterrados vivos, que desespero!

    ResponderExcluir
  2. Que mal estar que estou sentindo agora! Olha a posição desse gato!! O bichinho morreu sofrendo com a maldade que esses cretinos fizeram. Que horror, não gosto nem de pensar numa coisa terrível dessas. Tô chocada.

    ResponderExcluir
  3. Maldade, ignorância, tortura... Infelizmente atos similares ainda acontecem até hoje; existem muitas formas de "emparedamento"!
    Gatos dão sorte e proteção quando estão felizes, mimados e muito amados como tu, lindo amigo. Bjs

    ResponderExcluir
  4. gente, quanta ignorância... tadinho do gatinho... snif...

    ResponderExcluir

Curtiu?