quarta-feira, 28 de abril de 2010

Na onda da Alice

Já que Alice é o tema da vez, eu não poderia ficar de fora. Na história, há vários animas - de lebre a lagarto. E, claro, tinha que ter um gato.


É Chessur, o gato risonho. É um elegante gato malhado que tem a capacidade de aparecer e desaparecer. Ele é calmo, de uma sensualidade casual e um sorriso sedutor que, na verdade, esconde sua covardia. A cabeça sem corpo do gato é a primeira coisa que aparece para Alice na Floresta Tulgey, depois de ela ser atacada por Capturandam. Ele se oferece para limpar as feridas da menina com lambidas. Ela recusa, mas aceita que o gato a leve ao chá do Chapeleiro Maluco, que o culpa de desertor, por ter desaparecido no dia em que a Rainha Vermelha assumiu o controle do Mundo Subterrâneo. Usando suas habilidades e usando a cobiçada cartola do Chapeleiro, o gato dá um jeito de se redimir no final. Claro, com nosso poder de sedução, nós felinos sempre seduzimos aqueles que amamos.

Um comentário:

  1. A mamãe tá louca para ver esse filme só por causa do gatinho. ehehehe

    ResponderExcluir

Curtiu?