quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Bolha de sabão


A vida às vezes parece uma bolha de sabão... Voa, é leve (ou pelo menos deveria), transmite alegria, porém sua leveza transforma-se em alguns momentos em fragilidade e, no estourar da bolha, percebemos o quão somos frágeis.

***
Como podemos machucar alguém que tanto amamos? E o pior, conseguimos magoar com a mesma intensidade do amor que sentimos. Acontece. Até conosco, felinos. Ontem, minha mami foi me dar um banho e eu acabei sendo ríspido demais com ela (dei umas mordidas e lanhadas exageradas). Eu não queria que ninguém me segurasse, nem ela, pois, já falei aqui, não é da minha natureza ser podado. Ela parou no hospital e nem pude estar do lado dela quando ela precisou. Mas, enfim, já fizemos as pazes. Ainda bem que o amor é compreensivo.

3 comentários:

  1. Aiiiiiiii
    Está tudo bem então??? caramba Teo, menos força da próxima vez menino!!!
    No primeiro banho que dei na Gatolina, foi tudo tranquilo até eu ligar o secador... na hora ela pulou do meu colo, chegando perto do teto, e me deixou arranhões profundos nos braços... caramba! mas não cheguei ao hospital!
    Melhoras!!! Bjocas!

    ResponderExcluir
  2. Está tudo bem com a mami agora, ela foi para o hospital só para tomar analgésico e ser medicada (com antibiótico e anti-inflamatório). Eu sou vacinado! Mas é que ao mordê-la, alguma coisa na minha boquinha fez com que a ferida inflamasse... Agora acho que não tomo banho tão cedo! :)

    ResponderExcluir

Curtiu?